Fibromialgia – dores constantes


fibro1.jpg  Fibromialgia –  Sofrimento constante  Venho através deste post relatar as experiências que tenho com muitos portadores dessa doença que ainda está em estudos, mas que estão destruindo brutamente a qualidade de vida de milhares de pessoas.Alem do sofrimento emocional os portadores dessa doença sofrem muita discriminação, porque as dores são internas. Cortes expostos todos vêem e acreditam, mas dores internas nas juntas, nas fibras, nos músculos não são aparentes, mas as dores são estupidamente reais e muito intensas.Não se sabe direito o que dispara a doença, mas já foi observado que as maiores partes dos portadores desenvolvem a Fibro depois de algum evento muito estressante, parto, mortes de familiares, acidentes de carro. Algo que mexeu muito com o emocional a ponto de o stress desenvolvido disparar a doença.Dependendo das crises e da intensidade das dores é necessário medicamentos específicos, exercícios físicos de acordo com a possibilidade de cada portador.A terapia auxilia muito o paciente no como “encarar” a situação que se encontra e tentar viver bem apesar das dores e dos medicamentos. É possível sim ter uma qualidade de vida boa, apesar das inevitáveis crises. 

Sintomas da Fibromialgia

Muita dor, fadiga e distúrbio do sono.A dor é o principal motivos de procura aos médicos, dor, pontada, queimação, sensação de peso, entre outras. Geralmente se tem dificuldade de dizer onde dói, se são os nervos, articulações.Em geral as dores são difusas.
Relatos de pacientes mais comuns “dói o corpo todo” ou “dói tudo,” até o couro cabeludo, a pele estão doloridas, cansaço, fadiga, sensação de fraqueza nas pernas,o sono nunca é reparador, em geral a pessoa acorda com muitas dores e cansada.

Estudos tem mostrados que a qualidade de vida dessas pessoas caem muito, por esse motivo muitos estudo estão sendo feito.  

Dados de Fibromialgia

Existe forte predominância do sexo feminino (80% a 90% dos casos), com um pico de incidência entre os 30 e os 50 anos de idade, podendo manifestar-se em crianças, adolescentes e indivíduos mais idosos. “A dor enerva a alma, torna-a mais temerosa, degenera-a… é o veneno da beleza.”Shakespeare A “cura” da fibromialgia São muitos os tratamentos propostos, ortomolecular, reiki, acupultura, indutores de sono, relaxantes musculares, analgésicos, mas ainda não existe uma cura científica para cura totalmente o portador.Esses métodos são para alívio das crises, e melhora de vida dos pacientes.

Estarei relatando mais em próximos posts em relação aos aspectos emocionais e como auxiliar os portadores, já relatando que a compreensão familiar é fundamental porque as dores realmente existem e NÃO SÃO EMOCIONAIS.E que fatores de muito stress pioram o quadro do paciente.

Sorte sempre!!! Confira o site clicando aqui

About these ads