O CALENDÁRIO MAIA ENCERRA A TELEPATIA MATEMÁTICA DA GEOMETRIA SAGRADA.


capaanomagolunarbranco.gif   O CALENDÁRIO MAIA ENCERRA A TELEPATIA MATEMÁTICA DA GEOMETRIA SAGRADA.

Por MARY FRAN KOPPA            

É importante, ao falar sobre novos conceitos, usar palavras e exemplos simples que sejam familiares à maioria das pessoas. Ao falar sobre o grande calendário maia, podemos dizer que ele foi divinamente inspirado, de forma bem parecida com a Bíblia, a Torá e todos os livros e tábuas sagradas que guiaram o povo da terra no transcorrer de milhões de anos da existência humana. Porém, existe uma diferença importante: os símbolos do calendário maia encerram uma ressonância que representa a energia por eles descrita.           

Quando alguém toma conhecimento das informações do calendário maia, é como ser convidado a entrar numa mina de ouro e ter permissão de encher um balde de pepitas de graça. Talvez tenha de pagar uns trocados pelas informações, pois ainda não estão amplamente disponíveis, mas a ressonância que flui dos símbolos é gratuita. É a ressonância que transformará seu corpo, não as informações, mas vocês precisarão das informações para dar início às coisas.           

Muito antes da história registrada, a energia do calendário maia foi introduzida no planeta com a ajuda de alguns seres altamente evoluídos. Foi reintroduzida por alguns desses mesmos professores galácticos durante o período maia clássico, e está sendo novamente introduzida agora. Trata-se de algo que podemos usar para nos equilibrar energeticamente, à medida que espiralamos nossas freqüências para o próximo nível. É um tipo de cinto de segurança cósmico.           

A reintrodução do calendário maia em momentos específicos ao longo de nossa história planetária ocorre porque ele retrata num nível telepático a rede de energia por nós chamada geometria sagrada. A geometria sagrada constitui um sistema de construção baseado nos projetos divinos de criações tridimensionais. Os projetos são literalmente a disposição e a estrutura de ressonância do átomo de hidrogênio.           

Existe uma repetição precisa dessa estrutura e ressonância do hidrogênio em todos os projetos originados da geometria sagrada. Como o ser humano é baseado no hidrogênio, ocorre um reconhecimento imediato da ressonância e uma sensação de paz quando ele está na presença de estruturas projetadas segundo os princípios da geometria sagrada. Trata-se de uma compatibilidade total de ressonância. As estruturas e criações que não incorporam a geometria sagrada sempre produzirão uma pequena subcorrente de desconforto ou alinhamento incorretos nos humanos.           

A geometria sagrada toma a configuração vibratória básica do átomo de hidrogênio e matematicamente a incorpora a uma forma construída. A matemática da geometria sagrada é muito exata. Qualquer forma baseada nela tem o poder de emitir uma freqüência perfeitamente alinhada ao ser humano. As estruturas baseadas nos princípios da geometria sagrada atuam como diapasões, pois podem energeticamente alinhar uma pessoa a uma vibração calmante. As mais belas mesquitas e catedrais, bem como as famosas pirâmides, foram projetadas usando-se os princípios da geometria sagrada. Os arquitetos podiam ou não estar cientes de que suas estruturas foram divinamente inspiradas. Como a geometria sagrada permaneceu intacta, a vibração encerrada nessas criações é de paz e euforia.           

 O calendário maia contém muitos segredos relacionados com a geometria sagrada. O calendário maia constitui, de fato, o conjunto dos projetos de nossa criação. As informações matemáticas foram apresentadas em códigos que foram interpretados em muitos níveis de compreensão. As várias interpretações não são contradições, indicando, antes, simplesmente a vasta natureza do calendário.            Um fluxo de informações emitido dos hieróglifos (selos) e tons do calendário relacionam-se à modificação da freqüência no corpo humano durante a mudança para a próxima fase de nossa evolução. Lembrem-se de que o calendário maia não é algo estático, inanimado. Está se deslocando, mudando e orquestrando nossa evolução – guiando-nos para a frente. Temos um criador que é a fonte de nossa existência. Esse criador escolheu veículos para fornecer energia às criações, e o calendário maia é um desses veículos.           

Pensem no calendário como se descrevesse redemoinhos de energia cintilante que se precipitam em pulsações ou ciclos a percorrer nosso planeta e também todo o universo. Essas pulsações em espiral de energia têm consciência e intenção. Essa energia viva e móvel é a vontade de Deus. A vontade de Deus é a verdadeira música do Universo, sendo expressada como energia.           

O calendário maia é um compêndio de energia telepática. Representa ciclos dentro de ciclos dentro ainda de outros ciclos de pulsação de energia. Um dos ciclos podemos facilmente identificar em nosso dia de 24 horas; na semana de 7 dias; na Lua de 28 dias, com 4 semanas perfeitas de 7 dias cada uma; no ciclo de 13 dias da onda encantada, etc. Outro é o nosso ano de 13 luas de 28 dias com mais um dia. Essas identificações derivam do giro de nosso planeta em torno de seu eixo e da rotação do planeta ao redor do Sol. O tempo do giro e rotação de todos os planetas é orquestrado pelas energias do calendário. Como essas energias têm alcance galáctico, são operacionais em nosso mundo e em outros mundos dos muitos universos afora, quer os habitantes possuam, quer não, um calendário. Se não fosse pela cronometragem exata e inteligência dessas pulsações galácticas de energia, os planetas estariam colidindo por toda parte. Lembrem-se de que esta sinfonia que sustenta a energia é a vontade de Deus. Com a ajuda dos “deuses”, os maias clássicos identificaram e codificaram essas energias galácticas. Produziram os símbolos do calendário, que estão carregados de informações e ressonância. Os maias não inventaram o calendário; eles o descobriram e então traduziram as correntes de energia em símbolos que pudessem ser entendidos e usados pelo povo da Terra. A palavra “calendário” é apropriada porque tem a ver com ciclos expressos dentro do tempo.                         13 É O NÚMERO DE DEUS            

Os maias proporcionaram interpretações maravilhosas para o nosso “calendário galáctico”. Eles usaram 13 números (chamados tons) para identificar os 13 fluxos de energia em estado puro que emanam e espiralam de forma grandiosa de nosso Criador, sustentando e desenvolvendo as criações. Como vocês provavelmente já adivinharam a esta altura, esses 13 fluxos de energia criativa se deslocam por nossa realidade na forma de freqüências pulsantes. Eles se misturam e interagem uns com os outros de modo muito preciso. São responsáveis pela criação de matéria em nosso mundo tridimensional.

            TREZE É O NÚMERO DE DEUS porque contém a totalidade desses 13 fluxos de energia criativa. Como já devem saber, o número 13 era reverenciado por várias civilizações antigas. Em nossa história recente, havia 12 apóstolos e Jesus, perfazendo 13, como representante da energia divina. O calendário maia reconhece esse fato usando um ciclo de 13 dias, sendo cada novo ciclo de dia contrabalançado por um dos 13 tons.

            O calendário então sobrepõe-se a um ciclo de 20 dias retratado por um hieróglifo chamado glifo ou selo solar. Esses glifos representam modelos de energia que retratam os 20 níveis de sabedoria que cada um de nós tem de dominar para tornar-se plenamente iluminado. Esses modelos de energia são, de fato, grandes fluxos de energia que banham o planeta a cada 24 horas, ajudando no aprendizado de um dos 20 níveis de sabedoria.           

 Os símbolos usados pelos maias para descrever essas realidades de energia são portais para a energia que representam. APENAS OLHAR PARA OS SÍMBOLOS DO CALENDÁRIO PODE DESENCADEAR UMA RESPOSTA CORPORAL EM NÍVEL ATÔMICO, POIS TRATA-SE DE UMA FORMA MUITO SOFISTICADA DE GEOMETRIA SAGRADA. O calendário maia desenvolve nossa matemática, levando-a a uma freqüência mais elevada, o que a torna a TELEPATIA MATEMÁTICA. Essa telepatia matemática deslocará, criará e modificará a matéria sem necessidade de estruturas físicas ou de som. Ela nos liga a uma dimensão superior de realidade, na qual a comunicação acontece por meio de energia.           

 Se vocês já sentiram a ressonância de uma estrutura sagrada baseada na matemática da geometria sagrada, já conhecem a telepatia matemática. Vocês agora podem deixar de lado a necessidade de representação que retém a forma da freqüência e começar a se comunicar diretamente de energia para energia. Vocês não mais dependem da estrutura física para elevar suas vibrações.            Lembrem-se de que existe uma força inteligente na energia do átomo de hidrogênio que podemos chamar a vontade de Deus. A disposição e ressonância do átomo de hidrogênio é a base da geometria sagrada que, por sua vez, criou estruturas que nos ligam à nossa fonte por intermédio da ressonância. Nossa fonte não é estática, e sim está evoluindo e levando consigo as criações da realidade tridimensional como parte da orquestração total da música de Deus. Tudo é energia. Tudo é Deus. Tudo é a música de Deus.           

OS SÍMBOLOS DO CALENDÁRIO MAIA SÃO CÓDIGOS DE MATEMÁTICA TELEPÁTICA.

Essa matemática telepática, quando tem sua freqüência diminuída, torna-se geometria sagrada. O próprio calendário tem acesso direto à vibração criativa. Os 33 símbolos do calendário são como estruturas em miniatura baseadas na ressonância da geometria sagrada. Podem facilmente criar um alinhamento dos chakras do ser humano.

UTILIZAR OS SÍMBOLOS DO CALENDÁRIO MAIA É COMO SABER O NÚMERO DE TELEFONE CORRETO PARA USAR EM SUA LIGAÇÃO GALÁCTICA COM A FONTE. 

 Mais informações e para adquirir o calendário e outras ferramentas, ligue para o fone (5511) 3884-8318.

http://www.calendariodapaz.com.br

Anúncios

3 pensamentos sobre “O CALENDÁRIO MAIA ENCERRA A TELEPATIA MATEMÁTICA DA GEOMETRIA SAGRADA.

  1. Querida Karin,
    O calendário maia dá como data para o fim da nossa era o solstício de 21 de dezembro de 2012. Adivinha a que horas ocorre esse solstício?
    Às 11h11.
    Não é incrível?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s