Crianças Índigo – Aos poucos sabendo como educá-los


Percebi a dificuldade de muitos pais estarem lidando com essas crianças que chamo de “nova geração” onde a dificuldade em criá-los para muitos está sendo um transtorno, muito cansaço, muita conversa, os castigos e broncas que não adiantam mais, os velhos padrões de educação já pouco serve, afinal essas crianças são questionadoras, hora se comportam como adultos, hora como crianças, e a grande pergunta é o que fazer?

Os pais estão cansados e dividindo as tarefas em olhá-los (mais as escolas), pois basta um piscar de olhos e já estão fazendo algo indevido, outras vezes “artes” habituais infantis. Crianças inteligentíssimas, de alto poder intuitivo, habilidades inatas para computação, questionadores de normas e regras estabelecidos.

Por enquanto o que posso relatar das minhas observações, é que gritos, raivas, cintas, medo, ódios, imposições sem nenhuma explicação de nada estão adiantando, (sei que gostariam que sim, mas não adiantam). O poder está na negociação, nos brinquedos adequados, em colocá-los em jogos de computadores relacionados a aprendizados (por vezes até 2 anos acima do especificado nos softwares), atividades em casa, conversas, explicações sobre tudo são necessárias, não adianta fugir do que nós pais de índigos e educadores estamos conseguindo perceber e driblar as exigências dos nossos pequenos com as mais diversas atividades e tratando-os com respeito que a inteligência deles merece.

Não deixam de ser crianças de forma alguma, porém com um pequeno diferencial que nossa própria evolução terrestre fez. Cabe mudarmos aos poucos nossas formas de criação, pois nada muda de uma hora para outra, eles terão que se adaptar ao mundo da melhor forma que puderem e entender os limites, e a nós também mudar o que conhecemos como “criação de filhos” e sermos um pouco mais flexíveis levando em considerações essas diferenças que não se tem como abafar ou fugir, o termo “enquadrar” não está mais adequado, mas sim levar em consideração que os seres humanos são diferentes e merecem atenção diferenciada em seu desenvolvimento, não disse que isso não irá dar um trabalhão, mas será assim que nosso mundo poderá caminhar para um mundo melhor.

Segue abaixo um relato que dei para uma mãe em um de meus posts, que acredito que possa ajudar muitos pais.

Por tudo que relatou não tenho dúvidas que seu filho é um índigo sim, e eu o caracterizo como um índigo artístico (Aconselho o livro Crianças Índigos da Lee Carrol e Jan Tober, dá para comprá-lo nesse site na página principal na lateral). Eles tem todas essas características sim, e criar um deles requer muita paciência e amor, não atendem a grosserias de forma alguma pois sempre irão questioná-las, possuem sim grande potencial para informática, são muito espertos, porém por acharem chatas as matérias escolares eles as questionam mesmo, mas isso requer conversa para que tudo se enquadre.´
Sei que é cansativo, mas tanto você quanto seu marido terão que conversar sobre a melhor forma de criar sem divergências, com conversas, no livro cita até as melhores formas de punições (mais os castigos e um lugar específico para pensar).
Quanto aos problemas de saúde respondem melhor aos florais e homeopatia, pela irritabilidade percebi que a maior parte deles possuem alergias, e eles adoram as terapias alternativas pela energia ser sutil como as deles.
Procure sempre ter o melhor ambiente em casa, a calma é importante para eles, e a calma em casa é de muita importância.
Estamos lidando com crianças de alto grau de intuição e inteligência, não adianta tratá-lo como se ele não entendesse, converse como adulto mesmo se ele estiver se portando como tal, pois ele tem capacidade de entender.
Sorte com ele, se caso precisar de florais marque uma consulta no www.karinklemm.com.br ou com alguém de sua confiança de sua região.
Sorte Sempre
Karin Klemm

Anúncios

Um pensamento sobre “Crianças Índigo – Aos poucos sabendo como educá-los

  1. estou aprendendo bastante com seus postes mas um coisa é certa é muito dificil manter a calma e o equilibrio perante uma criança tao teimosa como um cristal!!! contudo alerto os demais quando estes meninos sao educados na base do berro ou do assoite eles se tormam violentoss tambem pois acham que podem tratar os outros como sao tratados !!!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s