Ter Paz é saber lidar com conflitos.


Recebi esse texto e gostei, vale ler, cabe aos nossos dias.

Sorte Sempre!

Karin Klemm

 

familia2

 

In Lak’ech!!!

   Ser Feliz ou Ter Razão? Isso se reflete no anseio que cada um tem de SER FELIZ.
   Marshall B Rosenberg desenvolveu um trabalho sobre a comunicação não-violenta junto a regiões assoladas pela guerra, como Sérvia e Croácia , Burundi e Sri Lanka e as técnicas estão sendo ensinadas em escolas da Iugoslávia e de Israel para se criar uma forma de fazer PAZ!
    Um conhecimento poderoso e simples , visando a transformação de culpa e julgamento em ações construtivas.
    Existem necessidades que manifestam-se em sentimentos e esses  chamam a atenção ao que falta conduzindo a uma ação comportamental.( Quando avaliamos uma pessoa falamos de nós mesmos de nossas necessidades),por exemplo: João e Maria falam de José. Mas, eles não estão falando de José e sim de si mesmos. De suas necessidades de tranquilidade, de cultura,de seus valôres próprios. Ao invés de dizerem de suas necessidades e pensamentos, dissem isso de modo indireto de si mesmos.
    Segundo Rosenberg existe duas formas de comunicação: linguagem do lobo ou linguagem da girafa. Enquanto uma é agressiva a outra é compassiva. Ele diz que palavras podem ser janelas ou muros. Palavras “lobo” provocam defesa ou/e ataque. Palavras “girafa” são concordantes com a comunicação não-violenta… Uma linguagem é a expressão da vida e da conexão com si mesmo e com o outro e a outra é a expressão da alienação, de desconexão com si mesmo e com o outro.
     Diz ainda que a linguagem do lobo é uma tentativa fracassada de expressar necessidades. Atrás dessa linguagem há um pedido de ajuda no sentido de traduzir as palavras agressivas pela real necessidade.Atrás das palavras, podemos conectar os sentimentos e as necessidades das pessoas.
 
     Podemos compreender melhor as estruturas dessa linguagem …..
 
Na linguagem do lobo: Exigência, Reprovação,Comparação,Negação de Responsabilidade.
Na linguagem da girafa:Observação sem avaliação,Sentimentos,Necessidades,Pedido ou Desejo.
 
por exemplo: Numa observação você diz:”Você atrasou nesta semana tres vezes por 15 minutos” . Na avaliação você diz: “Se você não leva seu trabalho a sério……”
 
A observação é apenas a constatação do fato.
 
     Daí algumas metodologias dizem para observar o que realmente está acontecendo numa determinada situação. Sómente o que posso ver ou ouvir. Articular essa observação sem introduzir nenhum julgamento ou Avaliação.Declarar como nos sentimos em relação ao que estamos observando
Por exemplo: “Estou me sentindo desrespeitado ……com relação a sua agressividade…..
                      “Eu estou com raiva,…..
                      “Eu estou preocupado….
 
     Na comunicação não violenta separa-se o que estimula os sentimentos do que causa os sentimentos. O comportamento do outro estimula nossos sentimentos mas não os causa.
 
    O lobo diz: ” Eu estou triste porque você atrasou
     A girafa diz:” Eu estou triste porque EU gostaria de passar mais tempo com você
 
      DIFERENCIAR SENTIMENTO DE PENSAMENTO
 
 Pensamento: “Quando você não me cumprimenta, me sinto ignorado”
 Sentimento:” Sinto-me irritado” ou “Estou irado”
 
      Para estabelecer uma conexão com o outro é melhor falar de si mesmo. Se falar do outro , falar sómente dos fatos.
 
      PASSE NAS PENEIRAS: É verdade? É generoso? Vai gerar necessidades satisfeitas?
 
      O método é dizer quais das nossas necessidades ou valores estão conectadas com os sentimentos que identificamos.
 
      contra-exemplo- “Você me desapontou quando não veio a minha casa ontem a noite”
 
       exemplo- “Eu me senti desapontado (sentimento) quando não veio na minha casa  (observação) ,porque eu estava querendo desabafar algumas coisas que estavam me incomodando. (necessidade )
 
        Assim podemos nos expressar de forma direta nossos sentimentos e necessidades
 
         E como pedir? PEDIDO É DIFERENTE DE EXIGÊNCIA
 
        São quatro critérios: Diga o que quer, descreva o que quer que a pessoa faça,demonstre a forma que quer, verifique para que o pedido possa ser comprovado no aqui e agora.
 
   exemplo:Poderia tocar a campaínha antes de entrar em meu escritório.
                 Prometa que os desempenhos ficarão melhores até o fim do ano.
 
        Quando entendemos nossas necessidades verdadeiras, criamos um território comum com nossos interlocutores e os relacionamentos tornam-se mais prazeirosos, a comunicação passa a ser mais profunda. Os sentimentos pulsam em nós por trás das aparências.Nossas ações são baseadas em necessidades humanas que todos buscamos preencher.Podemos resolver os conflitos aprendendo a nos colocar no lugar do outro,desenvolvendo a empatia,aprendendo a nos comunicar numa linguagem compassiva e amorosa.A PAZ não é ausência de CONFLITO. A PAZ é saber lidar com o CONFLITO.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Ter Paz é saber lidar com conflitos.

  1. adorei o site estou vendo agora pela primeira vez
    na verdade estou com uma duvida e se podessse gostaria que voce me respondesse como pelo calendadrio da paz eu sei se aquela pessoa é certa pra mim mesmo a distancia,pois estou começando a estuda-lo agora e tenho esta duvida?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s