RAÇA HUMANA X RAÇA HUMANA


Raça Humana X Raça Humana

Há tempos venho pensando em escrever esse texto, e diante de tudo que ando vendo todos os dias em todos os lugares (ruas, transito, política, empresas, entre todas as relações humanas), tudo que posso dizer é que horror!

Assistindo um dos vídeos do Alex Collier, em um dos momentos do vídeo ele diz: – A raça humana é a única entre todas as raças de todas as galáxias e todas as dimensões que um destrói o outro. Visto que em raças menos evoluídas que a nossa em termos até tecnológicos um jamais destrói o outro, ou seja, se unem como raça.

Os seres humanos são os únicos que sempre querem levar vantagem sobre o outro de sua mesma espécie, matando, jogando pragas, invejando, mentindo, destruindo o outro independente da forma e sempre com um intuito de se sobressair. O que pergunto é, sobressair em que? Se está destruindo a vida de um da sua mesma espécie?

Seres que ficam criando armas, drogas, bombas atômicas, ou simplesmente invertendo tudo que poderia servir para o bem e voltando isso para o mal do seu próximo.

E destruindo quem minimamente tenta fazer o bem (eu que o diga com os ataques de pessoas que querem me destruir falando mal do Blog, que a 4 anos respondi mais de 3000 posts de graça, dizem que quero levar vantagem, fiquei pensando em que?).Se sou uma profissional que verdadeiramente lida com o sofrimento humano. Ou estamos no céu e ninguém me avisou?

Diria que de 100% da população, uns 2% devem estar ajudando o próximo, e com certeza sendo massacrados por isso.

O bem e o mal existem dentro de todos os seres humanos, porem optar pelo bem é o que menos se faz tentar inverter os impulsos do mal para o bem e se tornar uma pessoa melhor todos os dias estão longe dos seres da raça humana.

O jogo de interesses é constante, independente de quem está certo ou errado, o que vale é o dinheiro, a posição social, o que se tem, e não o que se faz ou o que se é.

Que pena ver isso todo o dia, é apenas uma questão de posição, pararem de se prejudicar e se unir como raça humana. Deveríamos ter orgulho de nosso semelhante, mas o que vejo e ouço são pessoas que gritam, acusam, berram, matam, prejudicam apenas para sentir – sem melhor e mais potente em relação ao outro da mesma raça, ainda  jogando a culpa das coisas ruins que acontecem em suas vidas nos outros.

Deveríamos sentir vergonha do que nossa raça se tornou, má em essência, sendo que tudo aqui foi criado para que déssemos continuidade a uma linda criação “Planeta Terra” e terminássemos essa criação de uma forma mais bonita do que seu início.

Já imaginou se cada um de nós protegesse qualquer um que fosse da nossa própria raça, independente de quem fosse? Andaríamos nas ruas sem medo, pois o mal não existiria, imperaria a honestidade, a verdade, a bondade, a ajuda, um amor ao próximo sem ficar perguntando nada. Mas estamos aí, a mercê de seres do mal, protegendo nossas crianças de seres insanos, nos protegendo de seres que são da nossa própria raça.

Devemos ser uma vergonha divina.

Se cada um tivesse um pingo dessa noção dentro de si, quem sabe poderíamos andar nas ruas sem medo, nossas crianças brincarem sem estarem trancafiadas dentro de casas cheias de muros e grades, onde a palavra roubo nem existiria, matar o próximo jamais, mentir ao seu próximo nunca, demitir injustamente uma pessoa que faz um bom trabalho de forma alguma e quantas coisas mais poderiam ser descritas aqui, que tornariam nossas vidas uma vida boa e digna.

Faça a opção melhor, pois não sabemos o que nos espera depois de sairmos daqui.

Sorte!

Karin Klemm

Anúncios

2 pensamentos sobre “RAÇA HUMANA X RAÇA HUMANA

  1. Parabéns Anjo, pelo artigo.

    “A união faz a diferença” e é isso que precisamos, nunca jamais como o momento em que estamos vivendo.

    Você é um Ser maravilhoso!

    bjks de luz

    • Obrigada Querido!
      Parabéns pelo seu Blog também.
      Nós que estamos sempre tentando fazer o bem e acordar os “adormecidos”, estamos sendo mega atacados.
      Desejo sorte, luz e não vamos desistir de “optarmos ser do bem”.
      Beijos de luz!

Os comentários estão desativados.